Quanto custa um serviço de substituir um telhado na Zaask 50€ - 250€ /m2

Preços com base na média nacional
Chart
5090200250

Um telhado é uma parte fulcral de uma casa e que protege muitas outras estruturas. Assim, a sua substituição deve ser feita para evitar problemas futuros noutras partes da casa, ainda mais graves. A maioria das empresas em Portugal instalam telhados de cerâmica, pois são os mais resistentes ao atrito provocado tanto pelo vento, chuva e sal. Os preços para a instalação de um telhado podem variar bastante, estando sempre dependentes de vários fatores.

O custo médio para um serviço de substituição de telhados é de 100€/m2 (já a contar com a remoção de telhas e aplicação de isolamento). Pode contar pagar entre 50€/m2 e 250€/m2.

Serviço Preço/ m2
Instalação de painéis sandwich (m2) 60€
Substituição de telhado com cobertura em telha e aplicação de isolamento térmico (poliestireno expandido) 131€
Substituição de telhado com cobertura em telha e aplicação de isolamento térmico(lã mineral) 129€

 

Substituir o telhado: materiais 

O tipo de material utilizado na construção de um telhado é um dos fatores determinantes no custo deste serviço. Grande parte dos telhados portugueses são constituídos por telhas cerâmicas, pois é um material muito resistente a ventos, água e à corrosão provocada pelo sal, especialmente importante nas zonas costeiras. 

Existem vários tipos de telhas cerâmicas: 

  • A mais conhecida e utilizada em Portugal, é a telha de aba e canudo, mais conhecida como telha lusa, que é uma das suas designações comerciais.
  • A telha marselha é aconselhada para regiões com ventos fortes e/ou com elevadas taxas de pluviosidade. 
  • Existem também telhas planas, apropriadas para telhados muito inclinados, as telhas romanas, que remontam à época romana, hoje já sem utilização, e ainda 
  • A telha de canudo ou “mourisca”, de origem árabe, predominante nas antigas casas no sul do país, e hoje também em desuso, sendo apenas produzidas para reparação de telhados tradicionais. De formato côncavo e, devidamente aplicadas, são eficientes no escoamento das águas pluviais.

Quanto ao tipo de materiais com que podem ser construídos telhados, para além da telha cerâmica, destacamos os seguintes, apesar de não serem muito comuns em Portugal:

  • Ardósia 
  • Plástico 
  • Asfalto 
  • Madeira
  • Vidro

Telha de barro ou cerâmica

A telha em cerâmica é uma das variedades mais antigas e a mais utilizada em Portugal, sendo uma referência nacional arquitetónica

A telha em cerâmica apresenta inúmeras vantagens, tais como:

  • Isolamento térmico e acústico
  • Alta durabilidade
  • Boa resistência à água
  • Resistência ao fogo e condições climatéricas variadas
  • Custos baixos de impermeabilização
  • Fatores estéticos: Ao longo do tempo, têm-se vindo a desenvolver diferentes modelos de telha, permitindo o enquadramento em diferentes estilos arquitetónicos

Telhas tipo sandwich

As telhas tipo sanduíche são compostas por telhas de metal tradicionais, sendo adicionadas entre estas, uma camada de material isolante (poliuretano, lã de rocha ou lã de vidro).

Por apresentarem, na sua constituição, material de isolamento, térmico e acústico, estas telhas têm vindo a destacar-se em relação às telhas metálicas comuns. No entanto, apresentam como desvantagens o facto de terem um custo mais elevado e, aquando da sua instalação, exigem profissionais especializados/as para a sua aplicação.

Telha de vidro

A telha de vidro é uma solução de aplicação que permite o melhor aproveitamento da luz natural. A sua utilização mais frequente é em telhados externos ou espaços comerciais, podendo a sua aplicação ser feita de forma parcial, isto é, fazer uma conjugação entre telhas de vidro e de outro tipo – metálicas, cerâmicas, entre outras.

Telhas metálicas

As telhas metálicas são utilizadas, principalmente, em construções industriais ou armazéns, mas também em grandes áreas comerciais, e caracterizam-se pela sua versatilidade quanto ao tipo de materiais de que podem ser feitas: aço inox, alumínio, aço galvanizado (tratada com zinco) e galvalume (tratada com alumínio, zinco e sílica). 

Apresentam como principais vantagens a sua elevada durabilidade, resistência e leveza, bem como o facto de terem um custo reduzido e serem de fácil instalação.

No entanto, tem como principal desvantagem o facto de terem um fraco isolamento térmico e acústico.

Telhas em policarbonato

As telhas em policarbonato são compostas por um plástico fabricado a partir de resinas derivadas do carbono, sendo denominado por termoplástico. 

Têm como principal característica o facto de serem 90% transparentes pelo que são, geralmente, utilizadas nas áreas externas ou internas em que se pretenda um aproveitamento da luz natural.  

As telhas em policarbonato caracterizam-se pela sua alta resistência térmica e a impactos, bem como pela sua leveza, tornando-a mais resistente e económica que o vidro. As telhas em policarbonato caracterizam-se ainda por serem pouco inflamáveis, pela facilidade da sua instalação, pela sua versatilidade, e pela sua compatibilidade com vários modelos de telhas, o que a torna num modelo capaz de criar soluções bastante versáteis.

Telha em fibrocimento

As telhas em fibrocimento, também conhecidas por “placas de Lusalite”, denominação que advém do nome da empresa que as fabricava em Portugal, são compostas por cimento e 10 a 15% de fibra de amianto. Como já mencionado, o amianto foi considerado material perigoso para a saúde e a sua utilização em novas estruturas está proibida. 

Assim, têm vindo a surgir no mercado novas opções de telhas em fibrocimento sem amianto, de modo a substituir as tradicionais telhas de fibrocimento. 

As telhas em fibrocimento, sem amianto, apresentam várias vantagens que justificam a continuidade da sua procura, tais como: 

  • A sua resistência, leveza e alta durabilidade, sendo utilizadas tanto para estruturas residenciais como industriais.
  • Fácil instalação e manutenção
  • Custo reduzido
  • Estas telhas possuem, em geral, uma dimensão ampla, não obrigando, na maioria das situações a um reforço da estrutura existente 

Telhado verde

O telhado verde, também conhecido por telhado ecológico, caracteriza-se por conter vegetação natural em vez de telhas. A sua instalação consiste em sete camadas, que, sucintamente, compreendem a colocação de terra e vegetação sobre uma camada impermeável no telhado.

Este tipo de telhado apresenta inúmeras vantagens e desvantagens, das quais destacamos:

Vantagens:

  • Isolamento térmico e acústico
  • Forte aliado no combate à poluição, em especial nas cidades 
  • Melhoria estética dos edifícios

Desvantagens:

    • Custo e investimentos iniciais elevados
    • Exige a contratação de profissionais especializados/as para a sua instalação
    • Manutenção continuada
    • Cuidados especiais em relação a ventos e aos fogos

Impermeabilização do telhado 

Os telhados são as áreas de um edifício ou casa mais expostos aos diferentes agentes climatéricos. Assim, é necessária uma cuidada atenção e manutenção de modo a garantir a sua eficácia.

A impermeabilização do telhado é uma intervenção fundamental de modo a evitar inundações, e outros problemas. Este trabalho, executado através da aplicação de diferentes tipos de material impermeabilizante, deve ser feito fora da época das chuvas. 

Consoante o estado do telhado, poderá ser necessária a sua substituição integral, sendo possível optar por colocar telhas hidrófugas, porém estas têm pouca durabilidade (cerca de três anos). É possível, ainda, optar por aplicar uma subtelha, que irá melhorar a impermeabilização bem como facilitar a colocação da telha. 

A impermeabilização do telhado é fundamental de modo a evitar infiltrações de água das chuvas, apresentando ainda as seguintes vantagens:

  • Aumento da duração do telhado.
  • Evita a humidade 
  • Quando combinada com a aplicação de isolamento, melhora o seu comportamento térmico e acústico, levando, consequentemente, ao aumento da eficiência energética do edifício

Substituir telhado de fibrocimento ou amianto

O amianto ou asbesto é uma fibra mineral natural, que, combinado com cimento, comumente designado de fibrocimento, pelas suas características, apresenta inúmeras vantagens como material de construção, nomeadamente no revestimento de telhados. De realçar:

  • A sua resistência ao fogo e às altas temperaturas
  • A sua elevada qualidade isolante e impermeabilizante
  • Durabilidade e flexibilidade
  • Baixo custo

Estas vantagens justificaram a sua utilização intensiva nos anos 70 e 80 em diversos setores, sobretudo na construção civil.

Os materiais com amianto na sua composição, quando desgastados ou degradados, ou quando sujeitos a ações que os deteriorem (corte, perfuração, quebra, etc.), apresentam um risco elevado de libertação de fibras para o ar, e que são facilmente inaladas ou engolidas, podendo causar problemas de saúde graves, nomeadamente doenças respiratórias agudas, como o cancro de pulmão, mas também cancro gastrointestinal.

Assim, em 2005 a sua utilização em novas construções foi proibido pela União Europeia, apesar de não ser obrigatória a sua substituição, exceto nos casos em que se verifique que haja perigo devido à sua degradação.

Deste modo, no caso dos telhados, a substituição será eventualmente necessária. Este tipo de trabalhos tem, obrigatoriamente de ser realizado por empresas e/ou profissionais especializados/as, certificados e aptos para estas funções.

Dimensão do telhado 

O tamanho da casa irá sempre determinar a dimensão do telhado. No entanto, os m² necessários para o telhado serão sempre superiores aos m² da casa. Esta dimensão será estimada pela empresa de telhados e pelo ou pelo cliente, dependendo se se mantém o projeto original ou se se modificam algumas partes. Poderá também desejar uma cobertura do telhado extra que se prolongue para além da casa, entrada coberta, garagem, alpendre, entre outros.

Reparação do telhado ou substituição do telhado 

Aquando da decisão de substituir todo o telhado, é necessária a procura de uma avaliação por parte de profissionais de modo a saber se a substituição total do telhado será realmente necessária. Convém ter em consideração que a substituição integral do telhado será uma boa opção a longo prazo. No entanto, esta opção requererá um investimento muito superior à reparação da parte que esteja danificada. Assim, caso o seu telhado antigo esteja em boas condições talvez possa repensar esta opção e guardar a substituição total para o futuro, quando se tornar imprescindível.

Procura substituir um telhado para o seu próximo projecto?
Agora que tem uma ideia dos preços vamos encontar o profissional certo para si!

Como sabemos estes preços?
Todos os anos, milhares de pessoas procuram profissionais na Zaask para os seus projectos. Monitorizamos os orçamentos dos profissionais e partilhamos essa informação consigo.
25k Projectos mensais
+400k Orçamentos dados
15k Profissionais que orçamentaram
Para lhe proporcionar a melhor e mais rápida experiência possível, este site guarda cookiesAceitar