Quanto custa um serviço de Logótipos na Zaask 100€ - 1500€

Preços com base na média nacional

Independentemente do seu tipo de negócio ou capital financeiro, ter um logótipo desenhado por profissionais traz inúmeras vantagens para a sua marca, seja ela pessoal, empresarial, institucional. Um bom logo pode ser a diferença entre chamar a atenção para o seu conteúdo e passar despercebido, ou atrair novos clientes e afastar interesse.

Actualmente, há uma infinidade de sites que disponibilizam elementos gráficos a preços bastante acessíveis ou mesmo grátis (embora com uma série de restrições de utilização comercial). No entanto, para as pessoas que procuram um produto personalizado e que espelhe a identidade do seu projeto, então a decisão mais inteligente é contratar um/a designer ou agência criativa para o serviço.

Em novos projectos com orçamentos mais restritos, haverá mais tendência para se ver a criação do logótipo como uma despesa e não como um investimento. É óbvio que a questão não pode ser ignorada, mas é importante compreender a importância da qualidade do logo e todo o reconhecimento que pode trazer ao seu negócio ou outro tipo de projecto.

Em Portugal, o custo médio de design de logótipo ou imagem de marca ronda os 230 €, sendo provável gastar entre 50€ e 1500€. Estes valores são referentes a serviços que incluem apenas a criação do logótipo. Muitos/as designers e agências oferecem também pacotes com serviços gráficos complementares. Esta variável e muitas outras que apresentaremos ao longo do artigo podem elevar consideravelmente os custos do serviço.

Contratar freelancer

Cada freelancer determina o valor da sua hora de trabalho ou de cada projecto. Estes preços são sobretudo influenciados pela experiência profissional do/a designer. Mas tenha em atenção que factores do lado do/a cliente, como a sua localização ou reputação do seu negócio, poderão levar o/a freelancer a cobrar mais pelo serviço.

Contratar agência

A agência de marketing ou design é uma opção mais cara, quando comparada à do/a freelancer. O custo mais elevado prende-se com o facto de haver mais do que uma pessoa envolvida no projecto de criação do seu logo. Enquanto que com um/a freelancer toda a comunicação é feita directamente entre si e ele/a, no caso da agência há sempre mais do que um/a criativo/a no processo.

É a melhor opção? Talvez sim, talvez não. A resposta vai depender da agência escolhida. Mas, o que lhe podemos dizer é que, ao contratar os serviços de uma agência, pode esperar isto:

  • Pagar avançado

É mais provável encontrar uma agência a cobrar pelo menos 50% do valor total do trabalho antes de iniciarem o trabalho.

  • Assinar contrato

Ao contrário de um/a freelancer, a agência poderá pedir-lhe para assinar um contrato, mesmo no caso de trabalhos que surgem através da Zaask.

  • Duração do trabalho

Para clientes com alguma urgência, a agência pode a vantagem de ter uma maior oferta de designers; logo maior probabilidade de haver profissionais que possam responder ao seu pedido o mais rapidamente possível.

Experiência do/a freelancer ou agência

Quer se trate de freelancers ou agências, a experiência e a reputação destes profissionais tem um peso importante no cálculo do orçamento do logótipo ou outro trabalho criativo. Os anos de trabalho e boas críticas são sinónimos de qualidade e, consequentemente, de valores mais elevados. 

Como cliente, tem sempre de balancear os seus objectivos e orçamento, encontrando a melhor opção para si. Fazendo pesquisa e perguntas, acabará sempre por encontrar profissionais competentes ao preço mais acessível para a sua carteira.

O valor de quem procura o serviço

Este é um factor que muitas vezes é esquecido, e não só nesta área de trabalho em particular. O tempo e dedicação investidos pelo/a designer em dois projectos com o mesmo orçamento e conceito devem ser idênticos. No entanto, os preços cobrados aos dois clientes podem ser bastante díspares; tão diferentes quanto os seus valores no mercado.

Um logótipo, sendo o grande símbolo de representação de uma empresa, instituição ou organização, acrescenta-lhes muito valor. Faz sentido que o/a criativo/a responsável pela criação do logo que vai beneficiar o/a cliente possa receber uma parte desse lucro. De modo que, quanto maior for o/a aquisitor/a do serviço, mais o/a freelancer ou agência tenderá a cobrar pelo serviço. Ou seja, no fundo, o/a cliente pagará um preço proporcional ao seu valor comercial e financeiro.

Cobrança à hora

Muitos/as designers e empresas de design de logos ou imagens de marca cobram os seus serviços por hora. Todas as horas de trabalho, desde a primeira reunião de briefing com o/a cliente às revisões do logótipo são contabilizadas. O tempo total despendido no projecto dependerá do logótipo, da velocidade de execução de cada profissional e do briefing inicial do/a cliente (um tópico que será explorado mais abaixo).

Dependendo das necessidades de cada cliente e do detalhe do conceito apresentado, trabalhar com designers numa base horária pode ser estratégico em termos de custo para pessoas que só precisam de ajuda com refinamento e produção de design gráfico. 

Preço por projecto

Designers mais experientes têm a tendência para não especificar o seu preço para uma hora de trabalho, ou seja, preferem cobrar por projecto. O valor total do orçamento vai incluir uma estimativa do número de horas necessárias para consultoria, realização do trabalho e possíveis alterações.

Como cliente, poderá não gostar tanto desta opção, quando comparada com a cobrança à hora, pois não é tão transparente. No entanto, é importante levar em consideração que o tempo despendido num projecto não deve ser mais valorizado do que a qualidade do produto final. Não é necessariamente o número de horas que o/a designer leva a criar o seu logótipo que o vai tornar melhor.

Pacotes de design

O orçamento do/a cliente vai determinar a quantidade de elementos adicionais do serviço de design. Por norma, independentemente do valor gasto, qualquer pessoa tem direito a duas propostas de logótipo e algumas revisões. Quanto mais se investe no projecto, mais regalias e vantagens vêm nos pacotes oferecidos pelos profissionais.

Como sempre é difícil especificar os serviços a que cada cliente terá direito conforme o preço que pagar, uma vez que estes valores não estão tabeladas. No entanto, podemos dar-lhe algumas ideias do que esperar e mostrar algumas estimativas de valor.

  • Pacote logótipo (a partir de 50 €)
  • Pesquisa sobre a marca
  • Logótipo (pelo menos 2 proposta de design)

Este é o serviço mais básico que pode ser oferecido a qualquer cliente. O/a designer ou agência deve providenciar um formulário com questões ou fazer as perguntas para compreender os objectivos da marca e o seu público-alvo.

A apresentação das propostas de logótipo deve ser contextualizada para que o/a cliente possa realmente visualizar o produto. Isto é, dependendo do negócio, o logótipo deverá ser aplicado a algum produto físico ou digital do/a cliente.

  • Pacote logo + cores + tipografia (a partir de 300 €)
  • Pesquisa sobre a marca
  • Logótipo
  • Segunda paleta de cores para o logótipo
  • Recomendações e exemplos de tipografia (tipo de letra)

Para além da pesquisa e logo, este tipo de pacote oferece uma variação para a paleta de cores do logótipo escolhido por si e ainda sugestão de tipos de letra para serem usados na comunicação. 

Tendo em conta a importância da coerência visual de uma marca, este serviço mais completo tem a vantagem de lhe dar uma identidade visual mais coesa. Os valores deste tipo de pacote podem variar bastante conforme a complexidade do design do logo e tipografia também.

  • Pacote com elementos gráficos + design de cartão de visita/social media (a partir de 1000 €)
  • Pesquisa sobre a marca
  • Logótipo
  • Segunda paleta de cores para o logótipo
  • Recomendações e exemplos de tipografia (tipo de letra)
  • Elementos gráficos
  • Design de cartão de visita
  • Imagem para redes sociais
  • Guia de utilização

Este é um exemplo de um pacote com serviços que se complementam a nível online e offline. O valor a pagar é, obviamente, tão mais caro quanto a quantidade de elementos adicionados ao pacote. 

Os elementos gráficos criados pelo/a designer podem ser formas, linhas ou padrões que complementam o logótipo e podem ser usados das mais variadas formas, especialmente no online (website, redes sociais, newsletters, e-mails, etc). Já em relação às redes sociais, pode esperar a criação de, pelo menos, uma imagem de perfil e capa.

O guia de utilização do logótipo e elementos gráficos adicionais são regras ou recomendações de como se deve aplicar os objectos criados pelo/a designer. A dimensão dos logótipos, a paleta de cores, a conjugação de elementos gráficos, entre outros elementos são exemplos de normas que devem ser seguidas para que se possa manter a identidade visual da marca. Esse manual de regras elaborado pelo/a designer representa um custo acrescido, mas, sem dúvida, uma vantagem para quem recebe o produto final.

Ideia conceptual do logo

Ao fazer um pedido de orçamento para criação de um logótipo, uma das primeiras perguntas que lhe vão colocar tem a ver com o nível de detalhe da sua ideia. Traduzindo isto para questões: 

  • Sabe concretamente o que quer?
  • Tem algumas ideias?
  • Precisa de ajuda profissional?

Na teoria, quanto mais concreto for o seu conceito, mais clara será a comunicação entre cliente e designer e, por conseguinte, mais rápido será todo o processo. Como tempo é dinheiro, faz sentido que os valores cobrados variem também conforme o grau de input do cliente no projecto. 

Ao saber exactamente o que deseja, o/a designer pode passar mais rapidamente à fase de criação do logo. Enquanto que, se chegar à primeira reunião sem nenhuma ideia do que deseja para a imagem da sua marca, então será necessário despender mais tempo em pesquisa, rascunhos, troca de informações, opiniões, etc,

A clareza da comunicação e o grau de detalhe de um conceito fazem toda a diferença no processo, tanto em termos criativos como de tempo. Ao “facilitarem” o trabalho do/a designer, podem acabar por funcionar como redutores do preço total do serviço.

Complexidade do logo

  • Design simples - entre 50 a 100 € 

Basicamente, um logo simples contém o nome e a imagem da marca definidos. Por estes valores, o/a cliente deve receber uma proposta de logótipo com possibilidades de alteração, conforme o acordado com o ou a profissional. 

  • Design intermédio - entre 100 a 700 € 

Um logo com linhas e padrões mais complexos vai custar, pelo menos, o dobro  de um logótipo simples. O design será menos genérico, oferecendo à sua marca mais personalidade. 

  • Design complexo - mais de 700 €

Este preço pode subir tanto quanto o valor comercial de quem contrata o serviço. Mas, independentemente do/a cliente, por este preço obterá um design sofisticado, poderoso e realmente criativo.

É sempre importante relembrar que estes preços são influenciados pelo valor de mercado de cada cliente. 

Número de logos e/ou variações

A dimensão do logótipo não é um fator relevante para a parte do design, uma vez que o produto final é fornecido em formato digital, idealmente num formato editável e redimensionável. 

O que mais importa é o número de variações de logótipos pedidos por cada cliente. Normalmente, o valor do serviço não é proporcional ao número de logótipos criados, uma vez que cada um não será uma criação única, ou seja, não terá um conceito completamente diferente das outras variações. 

Estes são exemplos de variações de uma imagem de marca:

  • Lettermark (letras iniciais da marca)
  • Símbolo ou ícone (sem texto)
  • Wordmark (apenas o nome da marca)
  • Combination mark (junção de texto e símbolo)
  • Emblema (nome da marca é inserido no símbolo)
  • Variações de cores 

Os preços dos objecto individuais ou dos pacotes de elementos gráficos vão sempre depender de todos os factores que apresentámos até este momento.

Orçamento de impressão do logo

Se o logótipo for incorporado em produtos comercializados, o/a designer ou agência poderá perguntar ao/à cliente qual é o orçamento de impressão. Este factor de variação do preço é um pouco semelhante ao do valor da marca, de modo que, quanto maior for o potencial do lucro, mais o profissional irá cobrar pelos seus serviços.

Região do país

A região do país é sempre importante porque os custos de manutenção de um negócio não desaparecem se o serviço for feito no universo digital. Ainda existem despesas com contas, ordenados, impostos, e muitos outros valores que são arcados pelo/a freelancer ou agência. Isto acontece porque, apesar dos serviços efeitos de forma digital, existem custos que não se encontram explícitos. Portanto, como na maioria das áreas, pode esperar encontrar valores mais elevados nas grandes cidades e arredores.

Procura Logótipos para o seu próximo projecto?
Agora que tem uma ideia dos preços vamos encontar o profissional certo para si!

Como sabemos estes preços?
Todos os anos, milhares de pessoas procuram profissionais na Zaask para os seus projectos. Monitorizamos os orçamentos dos profissionais e partilhamos essa informação consigo.
25k Projectos mensais
+400k Orçamentos dados
15k Profissionais que orçamentaram