Quanto custa um serviço de Arquitectos na Zaask 550€ - 20000€

Preços com base na média nacional
Chart
55015001000020000
Exemplos de Projectos:
    • O que necessitaArquitectura geral
    • Descreva o tipo de propriedadeTerreno
    • Dimensão da área de construção/remodelação101 m2 - 250 m2
    • Tipo de clienteParticular
    3700Preço orçamentado
    • O que necessitaArquitectura geral
    • Descreva o tipo de propriedadeMoradia
    • Dimensão da área de construção/remodelação101 m2 - 250 m2
    • Tipo de clienteEmpresa
    200Preço orçamentado
    • O que necessitaArquitectura geral
    • Descreva o tipo de propriedadeTerreno
    • Dimensão da área de construção/remodelação251 m2 - 500 m2
    • Tipo de clienteEmpresa
    20000Preço orçamentado
  • O que necessitaArquitectura geral
  • Descreva o tipo de propriedadeTerreno
  • Dimensão da área de construção/remodelação101 m2 - 250 m2
  • Tipo de clienteParticular
3700Preço orçamentado
  • O que necessitaArquitectura geral
  • Descreva o tipo de propriedadeMoradia
  • Dimensão da área de construção/remodelação101 m2 - 250 m2
  • Tipo de clienteEmpresa
200Preço orçamentado
  • O que necessitaArquitectura geral
  • Descreva o tipo de propriedadeTerreno
  • Dimensão da área de construção/remodelação251 m2 - 500 m2
  • Tipo de clienteEmpresa
20000Preço orçamentado

Um projeto de arquitetura custa, em média, cerca de 5.500€, tendo em conta os valores médios a nível nacional. Pode contar vir a gastar entre 550€ e 20.000€

Os orçamentos serão impactados por fatores como: 

  • A experiência do arquiteto ou da arquiteta
  • O tipo e quantidade de serviços oferecidos. 
  • A complexidade do projeto. 
  • Dimensão do espaço
  • Permissões necessárias.
  •  Área geográfica onde se situa o edifício.         

Quanto custa um projeto de arquitetura: tabela exemplificativa 

Projeto de arquitetura em causa
Preço fixo e/ou projeto arquitetura preço m2 (metro quadrado)

Projeto e execução de serviço de arquitetura paisagista

2€ (metro quadrado)

Consultoria

Orçamentos a partir de 50€/hora

Certificação energética

150€ - 350€

Coordenação de saúde e segurança 

250€

Controlo de qualidade e fiscalização da obra 

250€ (mês)

Estudo de gestão de obra e demolição

250€ 

Estudo básico de segurança e saúde

300€

Processo de requisição de licença de obra

300€

Direção de obras por parte de arquiteto em conjunto com arquiteto técnico

400€

Projeto de design e arquitetura de interiores

400€ (por divisão)

Projeto de licenciamento e execução

5000€-6000€

O que faz o arquiteto ou arquiteta? 

A arquitectura é tanto o processo como o produto do planeamento, concepção, e construção de edifícios ou outras estruturas. 

O ou a profissional de arquitetura por norma está incumbido(a) da função de desenhar e projetar edifícios, trabalhando frequentemente com engenheiros e empreiteiros da sua confiança na área de construção, onde tende a cooperar com ambas as partes no sentido da coordenação e controlo de qualidade

Fotografia de Lex Photography de Pexels

O arquiteto ou arquiteta envolve-se em todas as fases do trabalho, desde a conceção inicial do conceito para o edifício, passando pela sua obra, até à conclusão

A orientação arquitetónica profissional encontra-se disponível para projetos de qualquer envergadura e mediante prazos de concretização distintos. Inclusive, estes e estas profissionais poderão prestar serviços de consultoria mesmo quando já existe um plano delineado. 

Projeto de arquitetura: contratação mediante as necessidades dos trabalhos 

É fulcral, para a correta elaboração dos projetos de arquitetura, encontrar profissionais adequados para executar os serviços que pretende contratualizar. 

Os diferentes projetos de arquitetura 

Existem diversos tipos de arquitetos e arquitetos, com diversas especialidades, sejam ela arquitetura de interiores (que muitas vezes surge de mão dada com o design de interiores) ou arquitetura paisagista. Estes e estas profissionais, em função da sua área, poderão assumir funções de: 

  • Consulta arquitetural. 
  • Construção de raiz. 
  • Projetos/ planos de trabalho. 
  • Remodelações e/ ou adições. 
  • Inspeções. 

Vários tipos de edifícios 

Os e as profissionais de arquitetura podem ainda especializar-se em diversos domínios, sendo que o tipo de projeto e tipologia da propriedade terá também impacto nos seus orçamentos e custo total. As suas criações e desenhos poderão incidir sobre: 

  • Escritórios. 
  • Espaços de comércio. 
  • Restauração e lojas. 
  • Espaços industriais. 
  • Habitações privadas - apartamentos, habitações unifamiliar ou familiar. 

No caso da arquitetura de casas, as divisões multiplicam-se ao mencionarmos habitações privadas. Quando falamos de habitações unifamiliares estamos a referir-nos a projetos para a habitação de apenas uma família nesse dito espaço. Existem três subdivisões a assinalar: 

  • Casa geminada - moradias similares, no projeto assinaladas lado a lado e assim construídas. Este tipo de lote-padrão poupa nos custos, uma vez que reduz bastante a área da fachada. Fala-se de casas “gémeas”, iguais e em tudo simétricas. Por norma partilham entre si o telhado, alvenaria e ainda a estrutura. 
  • Casas em banda - por vezes confundidas com as geminadas. Estas habitações encontram-se encostadas, têm apenas duas fachadas e são bastante económicas do ponto de vista dos custos da obra. 
  • Casa isolada - casa com quatro fachadas e, portanto, uma maior autonomia e privacidade. Neste caso trata-se de uma habitação mais cara por metro quadrado, tendo em conta a área de fachada muito mais significativa. 

Fotografia de R Arquitecture de Unsplash

Já a habitação plurifamiliar caracteriza-se por albergar várias famílias num mesmo espaço. Neste caso podemos falar de condomínios fechados, acesso por galeria (uma espécie de pequena rua de acesso a casas individuais), acesso por caixa de escadas (comum e económico), o regime de propriedade horizontal (prédios) e ainda o acesso direto (o qual implica gastos mínimos em projeção de espaços comuns). 

Quanto custa um projeto de arquitetura? Os honorários praticados 

Um profissional de arquitetura estipula quanto custa os seus serviços em função de múltiplas variantes como dimensão do projeto, acompanhamento ou não ao longo de todo o processo e obra ou, de forma habitual, tendo em consideração a área total da edificação.

Mediante todos estes fatores, e outros, como reputação e localização geográfica, serão definidos os honorários e taxas contempladas: 

Taxa horária variável 

Não é incomum que profissionais de arquitetura cobrem taxas horárias pelos seus serviços, quer estejamos a falar de desenvolvimento de conceitos, criação de projeto de arquitetura ou elaboração de rascunhos. 

Por norma, se um arquiteto ou arquiteta trabalhar numa base horária em projetos de grande envergadura, será estipulado um limite relativo ao número de horas ao serviço. 

Custo fixo

Quando falamos de projetos mais pequenos, é comum alguns arquitetos e arquitetas cobrarem taxas fixas. Neste caso, é possível, com alguma exatidão, saber quanto tempo será gasto neste projeto. 

A orçamentação apresentará uma margem de segurança considerável. Em orçamentos que pretendam definir quanto custa um projeto de arquitetura de maior envergadura é difícil estimar custos fixos, pois há muitas variáveis a considerar no que diz respeito ao tempo de trabalho. Tudo isto terá impacto na remuneração a cobrar. 

Tabela de valor mediante a área 

Muitos arquitetos e arquitetas aferem o valor do seu serviço tendo em consideração o metro quadrado dos projetos que estão a desenvolver. Contudo, este nunca será um fator isolado, equacionando-se conjuntamente matérias como as já mencionadas horas trabalhadas, reputação, complexidade do projeto ou necessidade de obtenção de licenças

Percentagem dos custos de construção

Quando falamos de projetos de maior dimensão, nomeadamente de construções ou remodelações totais, não é incomum que os profissionais arquitetos cobrem uma percentagem dos custos totais da construção

Por norma, e quando este sistema é considerado, a empresa de arquitetura define a percentagem paga após ser considerado o custo total da obra. Tal implica considerar não só a planificação como o processo de demolição, construção, instalação de portas e janelas, e por aí adiante.

As percentagens podem variar em função da extensão dos serviços prestados. A mera consulta e orientação terá, como é natural, um custo inferior ao acompanhamento de toda a obra e desenho dos planos. 

Taxa mínima

É também comum que empresas e profissionais com nome cobrem taxas mínimas, as quais surgem na altura do envolvimento com um novo projeto. Desta forma, o tempo de trabalho investido em reuniões com novos clientes fica salvaguardado. 

Questões frequentes relativas a quanto custa um projeto de arquitetura 

Em que fases se divide um projeto de arquitetura? 

Um projeto de arquitetura divide-se em três fases distintas: o estudo prévio, o licenciamento e o projeto de execução. 

  • Estúdio prévio - equivalente a cerca de 0,7% do custo total da construção. Compreende as ideias gerais, o conceito inicial e potencialmente modelos 3D,  desenhos técnicos e esquemas. 
  • Licenciamento ou projeto base - essencial para que possa levar a cabo obras. É um esforço mais detalhado, ocupando, em média, nos orçamentos, cerca de 4% do custo da obra. Aqui encontram-se desenhos técnicos baseados nas ideias exploradas no estúdio prévio. Estes desenhos pretendem transmitir, com exatidão, a essência do projeto ao Município. 
  • Projeto de execução - o projeto de execução criado pelo arquiteto não é, por norma, exigido pela Câmara Municipal. Não obstante, a sua natureza altamente pormenorizada permite projetar uma obra mais detalhada. Aqui incluem-se mapas de medições, pormenores acerca da estrutura futura e prepara-se a orçamentação. Aqui ficaremos a saber, com mais exatidão, quanto custa um projeto de arquitetura. Este projeto diz respeito a cerca de 5% do orçamento. 

Por que razão devo contratar um arquiteto ou uma arquiteta para acompanhamento do meu projeto? 

O apoio técnico e gerenciamento por parte de profissional de arquitetura especialista numa área de intervenção não deve ser encarado como uma despesa extra, mas sim como um investimento de qualidade para a obra que se seguirá. 

Fotografia de ThisIsEngineering de Pexels

Quanto ao trabalho do arquiteto ou arquiteta, permitirá uma otimização dos custos. A obra será mais segura, corresponderá aos padrões e normas em vigor e serão minimizados os desperdícios de tempo e dinheiro. Desta forma, os honorários gastos garantem que um projeto válido e cuidadoso regulará a obra. 

Preciso de contratar arquiteto ou arquiteta para conseguir licença para obras? 

Sim. Se pretender obter uma licença de obras precisa que o seu projeto seja concretizado por um ou uma profissional inscrito/a na Ordem e com as habilitações necessárias para ser o técnico autor do projeto

Como posso escolher um bom arquiteto para a fase do projeto? 

Os e as profissionais de arquitetura irão praticar diferentes preços em função da sua experiência: 

Na hora do orçamento procure um bom portfólio e experiência 

É importante olhar além do preço, do barato ou caro, na hora de escolher o arquiteto ou arquiteta com quem vai trabalhar. Desde já, geralmente, deverá procurar para as suas construções alguém que apresente uma boa relação entre os preços e a experiência e portfólio apresentado. 

Valorize as recomendações 

Deverá também procurar os serviços de um profissional por quem sinta empatia, e preferencialmente que tenha sido recomendado ou recomendada por conhecidos ou com bom feedback online. Por vezes o seu instinto pode não estar correto, e o barato pode sair caro. É importante evitar tais situações para não comprometer a obra. 

Procure um ou uma profissional com inscrição na Ordem 

Não se esqueça de verificar se este ou esta profissional se encontra com inscrição ativa na Ordem dos Arquitetos, um requisito essencial e obrigatório na hora da elaboração de qualquer projeto de arquitetura de casas

Obtenha uma estimativa aproximada e assine o contrato atempadamente 

Não deve deixar a estimativa de custo ao acaso, em particular se o ou a arquiteta cobrar um valor alto e se existir uma certa complexidade envolvida no projeto de arquitetura. 

Contratualizar o serviço antes do seu arranque é essencial, não só na área da construção como durante o planeamento. No que diz respeito ao cálculo de valores e termos, não deixe nada ao acaso no seu contrato.

Procura Arquitectos para o seu próximo projecto?
Agora que tem uma ideia dos preços vamos encontar o profissional certo para si!

Faça o seu pedido sem compromisso

Preencha um breve questionário explicando-nos aquilo de que necessita.

Receba vários orçamentos grátis

Compare as diferentes propostas, perfis, portefólios e avaliações.

Realize o seu projecto rapidamente

Converse com os e as profissionais e escolha aquele/a que melhor se adapta às suas necessidades.

Como sabemos estes preços?
Todos os anos, milhares de pessoas procuram profissionais na Zaask para os seus projectos. Monitorizamos os orçamentos dos profissionais e partilhamos essa informação consigo.
25k Projectos mensais
+400k Orçamentos dados
15k Profissionais que orçamentaram
Para lhe proporcionar a melhor e mais rápida experiência possível, este site guarda cookiesAceitar