Guia para construir ou remodelar uma casa

Vou construir ou remodelar a minha casa, por onde começo?

Um dos principais projectos para muitas pessoas é a construção da sua casa, desde a colocação do primeiro tijolo, remodelando um edifício existente ou fazendo pequenas mudanças numa vivenda alugada. Ao fim ao cabo, o que faz com que um espaço físico se transforme na nossa casa, depende daquilo que nos faz sentir bem, nos transmite segurança e conforto. Assim sendo, como não dedicar a este projecto toda a nossa atenção?


A construção ou remodelação de uma habitação trata-se de um projecto complexo a nível técnico e profissional, pelo que necessita de planificação, de um estudo, investimento de tempo e de dinheiro, de conhecimentos e de ajuda profissional. Para conseguir que a sua casa se pareça com essa imagem que tantas vezes imaginou na sua cabeça, é necessário projectar planos, avaliar as possibilidades técnicas, eleger certos materiais, contratar diferentes perfis profissionais e, finalmente, dar forma ao projecto. Neste processo, é possível que surjam imprevistos e que sejam necessários ajustes de ideias, expectativas, orçamentos e requerimentos, mas, no fundo, o importante é que o resultado seja essa casa que tanto sonhou habitar.


Ninguém se mete neste tipos de projectos apenas por curiosidade ou aborrecimento, muito pelo contrário:a construção ou remodelação de qualquer tipo de habitações é o resultado de uma decisão pensada e repensada, considerando muitas variáveis. E, neste caso, para a pergunta “por onde começo?”, a resposta será a mais básica e transversal do mundo: por fazer uma lista! Ou várias. Nessa lista terá de incluir todas as necessidades, requisitos e desejos que quer ver concretizados na sua casa, ou em parte dela. Comece com os pés na Terra e nas coisas realmente importantes, ou seja, as que garantem o bem-estar: tipos de espaço, características relativas a luminosidade, dimensão, isolamento térmico ou segurança. Progressivamente, pode deixar-se levar e aumentar essa lista com aquilo que seria o seu mundo ideal: o importante é que as prioridades estejam bem definidas!


Uma vez feita a lista, é sempre recomendável buscar referências que podem, inclusivamente, ajudar a definir os seus objectivos e comunicá-los às pessoas que se encarregam de os materializar, bem como contactar profissionais do sector da construção para começar a comparar propostas. Precisamente por este motivo, é essencial ter claro desde o primeiro momento quais são os objetivos, preferências e prioridades, para que, quando comprar os orçamentos e propostas de profissionais, o faça seguindo os mesmos parâmetros.


Na Zaask gostamos dos desafios mas também de facilitar processos, por isso estamos aqui para dar acompanhamento em cada uma das etapas que necessite de realizar. Neste guia poderá consulta a nossa lista de passos para construir ou remodelar uma habitação, tendo em conta as diferentes áreas profissionais que poderão estar envolvidas. Irá encontrar também algumas ideias inspiradoras, preços orientativos e uma forma fácil de encontrar profissionais disponíveis na sua zona para os diferentes serviços.

menu
Ver todos os capítulos
keyboard_arrow_up
CAPÍTULO 23

O projecto

A construção de uma nova vivenda ou da remodelação de uma existente deve começar no papel. Depois de definir as nossas prioridades, pretensões ou possibilidades económicas, é o momento de dar os primeiros passos para a edificação da nova casa. E quando dizemos que começa no papel, referimo-nos a que, por um lado, deve ser estudado, projectado, avaliado e reajustado através dos planos e que, por outro, terá de ser aprovado através de licenças, alvarás e autorizações camarárias e legais.

CAPÍTULO 24

A tipologia

Na hora de embarcar num projecto de construção ou remodelação, uma das variáveis que afecta directamente o processo a seguir é a tipologia de trabalho que se vai desempenhar. Desde o tipo de licenças ou documentos requeridos, o tipo de material que pretende ou os perfis profissionais que devem estar implicados no trabalho variam notavelmente, conforme se trate da construção de uma nova vivenda ou da remodelação de uma das divisões já existentes.

Nova construção

O empreendimento de uma nova construção é excitante porque supõe começar com uma tela em branco em que as possibilidades são infinitas. Ainda que sempre se parta de algumas condicionantes, como o tamanho do terreno, a sua localização, as condições climatéricas na zona e o orçamento disponível, as opções continuam a ser imensas, especialmente se conta com o apoio de profissionais com boas ideias e amplos conhecimentos sobre os clássicos mas também as novidades do sector. Algumas considerações pelas quais começar são:

Comece por ordenar as ideias

Os dois aspectos chave que se devem definir para começar uma nova construção são os recursos e as necessidades. Por recursos queremos dizer o orçamento de que dispõe ou que querem destinar o projecto - e nos quais há de se ser realista e ajustar-se ao contexto. Também terá de pensar sobre a forma em que se vai garantir os ditos recursos: empréstimos, hipotecas bancárias, poupanças, etc.

Por necessidades devem entender-se tanto aqueles requisitos concretos, relacionados com a divisão do espaço, as superfícies, as condições da habitação, bem como os requisitos subjectivos, por assim dizer, aqueles que respondem aos gostos e preferências da pessoa promotora da obra. Estas são recolhidas no chamado “programa de necessidades”, um marco de actuação que delimitará as ideias do arquitecto ou arquitecta para que a sua proposta responda às expectativas e objectivos desejados.

Algumas perguntas que podem ajudar neste sentido são: que tipo de espaço necessito? Que tipo de espaço gosto? Como deve ser a conexão entre interior e exterior? Que estilo de casa prefiro? Quais são os aspectos mais importantes?

Não são limitações se as converter em vantagens

Em alguns casos, o ponto de partida pode ser contrário ao tipo de construção que se preferiria ou se pretendia edificar. Por isso, é importante contemplar todo o tipo de soluções e propostas antes de se agarrar a uma única opção. Por exemplo, imagine que quer ter uma zona recreativa luminosa e natural mas não tem espaço suficiente para ter um jardim. Talvez a solução seja criar um pátio interior que organize espacialmente as várias divisões da vivenda.

Atenção à documentação necessária

As novas construções requerem o cumprimento de uma série de documentos antes, durante e depois de realizar a obra. Antes de começar a construção deve tratar do plano de informação prévia à Câmara Municipal. Só depois de receber a confirmação de autorização para a construção e os respectivos condicionamentos legais ou regulamentares, nomeadamente relativos a infra estruturas, servidões administrativas, restrições à construção, entre outros é que se pode avançar com a construção. A seguir terá de obter, através de profissionais competentes, tanto o levantamento topográfico como o projecto de arquitectura, que também têm de ser aprovados pela Câmara Municipal da zona. O passo seguinte é tratar dos projectos de especialidade, ou seja, os projetos de esgotos, água, gás, comunicações, electricidade, entre outros.

Só depois de haver a aprovação destes projectos é que a Câmara atribui a licença de construção. É neste momento que pode contratar os serviços de um empreiteiro ou empreiteira geral, com alvará válido e seguro. Tem de contratar também um engenheiro ou uma engenheira civil responsável pela obra, que pode ser o coordenador de segurança em obra (obrigatório) e pelo Livro de Obra - local onde são registados todos os factos e informações sobre a execução da obra.

Preço médio para nova construção €/m2

40€ - 1500
40
1500


O custo médio para se construir uma casa ronda os 550€/m². Uma série de outras variáveis, que especificamos mais abaixo, podem fazer os valores oscilar entre os 40€/m² e 1500€/m²

1. Construtora

Quando se trata de novas construções, o mais acertado e seguro é contar com uma empresa de construção que se encarregue de todo o processo. A partir do projecto de execução elaborado pelo arquitecto ou pela arquitecta poderão encarregar-se de coordenar e executar todos os trabalhos necessários, desde a alvenaria, a electricidade e o isolamento, a canalização e pintura. Isto permitirá poupar em gastos de dinheiro e tempo, especialmente se surgirem imprevistos.

2. Orçamento

Os gastos associados à obra vão estar limitados pelo orçamento disponível, sempre e quando este seja realista. Ou seja, o trabalho desenvolvido pela construtora vai adaptar-se às necessidades e possibilidades de quem contrata, aconselhando sobre a melhor forma de investir em recursos económicos disponíveis. Será necessário contar com uma percentagem do orçamento para prever e resolver possíveis contratempos.

3. Dimensão

A dimensão da construção é um factor crucial e serve, em muitos casos, para definir o orçamento. Pode ser medida em metros lineares, metros quadrados ou metros cúbicos, conforme o tipo de trabalho. Muitas vezes define o valor mínimo com que se fará a obra. Por exemplo, por muito que se tente poupar em materiais, não é possível construir uma vivenda de 80m2 peço preço de uma de 50m2.

4. Materiais

Nos dias de hoje existem opções de várias gamas para praticamente todo o tipo de materiais. Sempre e quando contar com o orçamento suficiente, aconselha-se a balançar o uso de materiais de baixo e de muito alto custo, especialmente em zonas e mecanismos de maior uso e desgaste.

5. Mão-de-obra

Os perfis profissionais que terão de fazer parte do trabalho de construção e o tempo que se requer de cada um deles para realizar este trabalho dependem em grande parte do resultado pretendido. Quanto maior a diversidade, quantidade ou especialização, maiores serão os custos associados à mão-de-obra.

6. Localização

A localização da nova construção influencia em vários sentidos. Por um lado, o preço da construção de vivendas em capitais com níveis de renda mais altos é superior ao da edificação em aldeias mais pequenas, periféricas ou rurais. Para além disso, a localização também influencia a nível logístico e poderá super custos pelo transporte de materiais ou pela necessidade de maquinaria específica para os mover.

7. Permissões

Para as novas construções requere-se documentação. Por norma, esta tem gastos associados a nível administrativos.

Encontre na tabela abaixo os vários tipos de serviço e um intervalo indicativo de preços
Licenças de construção (Câmara Municipal)
500 € - 5500 €
Projecto de arquitectura
2000 € - 25000 €
Projectos de especialidades (água, esgoto, etc.)
150€ - 400€ (cada)
Levantamento topográfico
200€ - 650€
Estudio geotécnico
200 € - 1500 €
Projecto de estrutura/ estabilidade
600€ - 1300€
Fundações de casas em betão
120 €/m2 - 250 €/m2
Terraplanagem
6 €/m2 - 30 €/m2

Há tantos estilos de vivendas como pessoas neste mundo. Se está entre aqueles sortudos que podem construir uma nova casa desde cedo, comece a procurar inspiração noutras construções para dar forma à casa dos seus sonhos. Os e as profissionais encarregar-se-ão de que esta passe a ser a sua casa da vida real!

Para encontrar profissionais disponíveis na sua zona, com interesse no seu projecto e boas avaliações, peça orçamentos na Zaask preenchendo um breve formulário:
Fazer pedido

Remodelação | Integral

Por remodelação integral entende-se a completa renovação de uma habitação existente, isto é, existe uma base sobre a qual trabalhar que irá sofrer alterações em todos os sentidos. Desde modificar a distribuição da planta, o revestimento de pavimentos e paredes, a abertura de portas e janelas, o tipo de mobiliário, quase tudo será possível numa remodelação integral. Por isso, e para que não se perca no processo, é essencial ter em conta uma série de aspectos, bastante semelhantes às definidas para a edificação de novas construções:

Defina os pontos essenciais

Qualquer obra deve começar pela definição das necessidades que se pretende cobrir com a realização da mesma. Estas, ao lado aos requerimentos subjectivos, vão dirigir todas as decisões que se tenham de tomar, servindo,para além disso, de referência para estabelecer prioridades. Entende-se por necessidades todos aqueles requerimentos que garantirão o bem estar básico das pessoas que vão morar na habitação em questão: número de assoalhadas, tipo de divisões, dimensão dos espaços, acessibilidade aos mesmos, condições ambientais (luminosidade, temperatura, insonorização…). Por outro lado, os requerimentos subjectivos englobariam todas aquelas preferências pessoais em relação ao estilo, às comodidades a incluir ou os aspectos mais acessórios e supérfluas.

Estabeleça um orçamento

Querer o impossível pode sair duas vezes mais caro e ter péssimos resultados. Por isso, outro aspecto primordial para a tomada de decisões de uma remodelação integral passa por estabelecer um orçamento que lhe permita ser realista e distribuir adequadamente os recursos. Nos dias de hoje existem boas soluções em todos os intervalos de preços, adaptadas a todos os gostos. Desta forma, a partir do momento em que se tem de forma clara o resultado pretendido e o orçamento disponível, será uma questão de encontrar os e as profissionais que poderão materializar o projecto.

Tenha em atenção a documentação requerida

Para as remodelações integrais que afectem apenas o interior do edifício não necessitará de qualquer tipo de licença, apesar de ser essencial, na mesma, ter o projecto arquitectónico, para que não surjam problemas. Contudo, se as remodelações alterarem a linha arquitectónica original, a estética ou a segurança do edifício terão de ser solicitadas licenças. Toda e qualquer modificação da fachada ou parte exterior de um edifício requerirá uma licença por parte da Câmara Municipal.

Preço médio para remodelação integral

1000€ - 650000
1000
650000


O preço médio de uma remodelação integral ronda os 25000€, podendo ir dos 1000€ e chegar até aos 650 000€, de acordo com cada caso. Alguns parâmetros a considerar no cálculo do preço são:

1. Custo por m2

A maioria dos preços do sector da construção definem-se em função dos metros quadrados da habitação. Também há casos em que os orçamentos podem ser dados em metros lineares ou metros cúbicos.

2. Demolições

Nas remodelações integrais, são habituais os trabalhos de demolição, quer seja de tabiques interiores, pilares decorativos e/ou aberturas exteriores e interiores.

3. Alvenaria

Estes trabalhos representam grande parte da percentagem do orçamento total, já que envolvem a construção de separações, tectos falsos ou o isolamento. Os pedreiros e as pedreiras também serão responsáveis por aplicar gessos, azulejos e outros tipos de acabamentos nas superfícies, uma vez concluídos os trabalhos de canalização ou electricidade.

4. Carpintaria

Os e as profissionais de carpintaria trabalham com diferentes materiais, como metais, PVC ou madeiras, o que resultará numa oscilação do valor do orçamento final. Complementam os trabalhos de alvenaria ao fornecerem os materiais à medida para portas, janelas, balcões e outros móveis à medida.

5. Canalização

As remodelações integrais permitem rever o estado das tubagens e avaliar tanto a possibilidade de as substituir como de mudá-las de lugar se se quer mudar a disposição de divisões como o banho ou a cozinha. No caso de se tratar de um sistema incorporado, terá de ser coordenado com a alvenaria para evitar a reabertura de paredes ou pavimentos.

6. Electricidade

De maneira geral, as obras integrais implicam mudanças na distribuição da habitação, pelo que é imprescindível redesenhar ou pelo menos reajustar o sistema eléctrico. O ajuste da localização das tomadas, a incorporação de novos interruptores ou a melhoria da eficiência eléctrica são os trabalhos mais recorrentes nestes casos.

7. Pintura

Em último lugar, o preço da pintura dependerá do tipo de superfície em que terão que intervir, ou seja, se se trata de paredes, tectos ou mobiliário; interior ou exterior; liso, rugoso, entre outros. Estes aspectos influenciam directamente no tipo de material requerido e nas horas necessárias de trabalho.

Encontre na tabela abaixo os vários tipos de serviço e um intervalo indicativo de preços
Projecto de arquitectura
300 € - 10 000 €
Alvenaria
50 €/dia -100 €/dia
Carpintaria
70 € - 6000 €
Canalização
10 €/h -70 €/h
Renovação eléctrica interior
10 €/h - 40€/h
Pintura interior
4€/m2 - 13€/m2
Design de interiores
250€ - 1000€
Certificação energética
50€ - 1250€
Limpeza pós-obra
120€ - 320€

Realizar uma remodelação integral compara-se a pintar uma tela em branco para se recomeçar. Comece por pensar no que quer manter da estrutura actual, o que quer mudar e o que precisa de remodelar. A partir daí, o próximo passo é procurar inspiração para começar a dar forma à sua futura (e remodelada) vivenda.

Para conhecer profissionais de remodelações que prestam serviços de remodelação integral e que estão disponíveis na sua zona, realize um pedido em questão de minutos e receba várias propostas de forma gratuita:
Fazer pedido

Remodelação | Casa de banho

A remodelação de casa de banho pode ser uma das mudanças mais significativas dentro da casa. Esta divisão não só tem de ser prática como segura e acessível para todas as pessoas que lá habitam. Alguns aspectos a ter em conta na hora de a renovar são:

Não economizar demasiado

Se está a pensar em realizar alguns cortes no orçamento destinado à remodelação ou a avaliar como deve distribuir os fundos que dispõe, não opte por aplicar a lógica low cost na casa de banho. É uma das divisões que mais está exposta à erosão por causa do contacto com o vapor e o uso constante da água, que potencia o aparecimento de humidade, de rachas e de problemas com tubagens. Não se conforme com uma renovação apenas visível e aproveite a remodelação para garantir que a canalização está num óptimo estado e que os materiais aplicados são resistentes e adequados para este espaço.

Tirar o melhor partido

De maneira geral, as casas de banho não estão entre os espaços mais amplos da casa, já que se consideram um lugar utilitário e “de passagem”. No entanto, isto não implica que, por um lado, não se se possa investir nesta divisão aplicando boas ideias de desenho ou organização ou que, por outro, não faça sentido ampliá-la para ganhar em comodidade e praticidade. Trocar a banheira por um duche, embutir o lavatório num móvel ou usar uma porta de correr em vez de uma “comum” para o duche pode fazer toda a diferença.

Não renunciar o estilo

Pelos motivos já mencionados, também é habitual descuidar o aspecto estético da casa de banho, mesmo havendo cada vez mais pessoas que querem também personalizar e revalorizar esta divisão da casa. Desde a combinação de materiais e cores, a aplicação de pequenos detalhes nos acabamentos e nas loiças, podem dar vida a um espaço tão funcional quanto agradável para qualquer pessoa que necessite de o usar.

Preço médio para remodelação de casa de banho

1500€ - 7000
1500
7000


Dependendo do tipo de intervenção que quer realizar na sua casa de banho, os materiais escolhidos ou o estado actual do espaço em questão, o orçamento para a remodelação pode oscilar entre 1500€ e 7000€ , sendo o preço médio de 3500€. Alguns dos aspectos a considerar para o seu cálculo são:

1. Desenho de projecto

O preço desta parte do processo vai depender, especialmente, se está incluído ou não num projecto de obra integral. De forma geral, o valor é mais elevado quando se solicita este serviço como projecto isolado do que num projecto de remodelação total de uma casa. Também depende da especialização do ou da profissional, já que os estúdios de design com maior reconhecimento ou experiência podem praticar preços mais altos.

2. Tipo de intervenção

Em termos de orçamento, os valores serão maiores quanto mais complexa seja a intervenção. Aqueles projectos que implicam demolições, mudanças estruturais, azulejo ou nova canalização serão mais caros do que a simples mudança de pavimentos, paredes, iluminação ou elementos de mobiliário sem necessidade de obras.

3. Canalização e ventilação

Entre os aspectos mais técnicos que condicionam a intervenção encontra-se o sistema de canalização e ventilação, respectivamente. No primeiro caso, é necessário garantir a renovação das tubagens, caso não cumpram as normativas vigentes, que proíbem o uso de tubos de chumbo por questões de saúde, assim como confirmar que estão em bom estado e não apresentam riscos de fuga, rotura ou bloqueios. Em relação à ventilação, esta é especialmente importante em casas de banho sem janelas ou com aberturas de pequena dimensão, já que a concentração de vapor pode acelerar o processo de desgaste dos materiais e favorecer o aparecimento de humidades.

4. Gama dos materiais

Os preços do sector vacilam em grande medida de acordo com a gama de materiais usados. De forma general, uma remodelação de gama básica pode rondar entre os 1000€ e 2000€, a gama média parte dos 2000€ e a gama alto, por sua vez, dos 2500€.

5. Mobiliário e elementos sanitários

Outro aspecto diferencial em termos de preços é o tipo e número de mobiliário e elementos sanitários requeridos. Os modelos embutidos são os mais caros pela maior complexidade em termos de desenho e instalação ainda que, ao mesmo tempo, possam ser mais práticos e ocupam menos espaço, dando um aspecto actual e minimalista.

Encontre na tabela abaixo os vários tipos de serviço e um intervalo indicativo de preços:
Canalização
100 € - 400 €
Revestimento de paredes
30 €/m2 e 100 €/m2
Pavimentos
15 €/m2 - 65 €/m2
Sistema de extracção
40 € - 100 €
Sanita
80 € - 550 €
Chuveiro e duche
400 € - 1500 €
Banheira
150 € - 2200 €
Bidé
80 € - 250 €
Lavatório
100 € - 300 €
Torneira
70 € - 150 €
Trocar banheira por duche
750 € - 2000 €
Trocar porta do duche
150 € -1700 €
Aplicar esmalte na banheira
95 € - 350 €
Adaptar a mobilidade reduzida
450€ - 8000€
Remoção de lixo
100 € - 350 €

Não está completamente convencido/a sobre a ideia de ter uma casa de banho de revista? Então o que lhe falta é inspiração. Há casas de banho inspiradas no minimalismo, no rústico ou no moderno, mas também de estilo boémio, clássico ou sofisticado. Se aproveitar a remodelação para criar uma boa base estética, pode aproveitar para integrar elementos acessórios como toalhas, velas ou quadros. E, para além disso, poderá trocá-los com facilidade para que não se canse de ver sempre o mesmo.

Se quer receber até 5 propostas de profissionais para remodelar a sua casa de banho, pode fazer um pedido gratuito em poucos minutos e comparar entre as várias propostas.
Fazer pedido