Custo de inspecção de gás na Zaask 40€ - 80€

Preços com base na média nacional

Não há dúvida que, actualmente, o gás é bastante seguro. No entanto é melhor prevenir (e poupar na conta ao final do mês) que ter fugas de gás, geralmente relacionadas com instalação deficiente, má ventilação ou falta de inspeção. Devido às normas de segurança associadas ao uso de sistemas com gás, a inspecção de instalações de gás não só é obrigatória, como deve ser feita frequentemente, sendo um serviço que só pode ser efetuado por profissionais devidamente credenciados ou credenciadas.

O custo de uma inspeção de gás vai depender, primeiramente, do tipo de inspecção, do tamanho e género da instalação, bem como da especificidade do sistema de gás, isto é, se se trata de aquecimento a gás, de fogão e esquentador ou outros usos domésticos/industriais do gás. Depois contam para esta a urgência da inspeção e, caso seja necessário reparar ou substituir equipamento, o custo das peças e/ou material em questão.

O custo médio para um serviço de inspecção de gás é de 60€, no entanto, pode contar gastar entre 40€ e 80€.

Tipo de inspeção

Segundo a Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), existem 3 tipos de inspecção, cada uma delas com custos diferentes e necessária em fases diferentes da instalação.

A inspecção inicial é a primeira inspecção efetuada após a conclusão da montagem do sistema de gás, feita ainda antes de dar início ao abastecimento com gás natural.

A inspecção extraordinária é a mais vulgar, sendo feita em situações de alteração à instalação, fuga de gás recente ou reabertura após interrupção do abastecimento por defeito na instalação, montagem de sistemas reconvertidos para gás natural, mudança de operador e novo contrato de fornecimento (exceptuando os casos de mudança de operador sem interrupção de fornecimento de gás por razões técnicas). 

Já a inspecção periódica é realizada em instalações de gás em edifícios e recintos que estejam classificados segundo a legislação do regime jurídico de segurança contra incêndios em edifícios, e que devem ser inspecionadas com a periodicidade em vigor.

Tamanho da instalação

Os ou as especialistas em inspecção e reparação de efetuarão um orçamento após saberem o tamanho e a especificidade da instalação de gás. Não tem o mesmo custo inspeccionar um sistema de aquecimento a gás natural, ou um sistema de cozinha com gás propano para restauração.

Urgência da inspecção 

Os ou as profissionais também cobram consoante a urgência da inspeção e/ou reparação, isto é, segundo a DGEG, há anomalias críticas e não críticas, sendo que as críticas exigem corte imediato do fornecimento de gás no imóvel ou recinto da instalação e, portanto, reparação urgente das mesmas, com custos mais avultados para o proprietário.

No caso das anomalias não críticas, o gás poderá continuar a ser usado com algumas limitações, mas não necessita de corte do fornecimento.

Peças e/ou material necessários

Ainda no seguimento das anomalias críticas e não críticas, ao efectuar a inspecção, o técnico ou técnica de inspeção e reparação de gás, poderá detectar equipamento defeituoso que necessita, grande parte das vezes, de ser substituído: válvulas, tubos, rotores, cobertura, ventilação, respiração etc. 

Cada uma destas peças tem um custo diferente e pode sofrer um dano que pode ser crítico para a segurança dos utilizadores e/ou clientes da instalação de gás.

Terminada a inspecção, o técnico ou técnica de gás realizará um relatório de conformidade (ou não) da instalação de gás. No caso de haver problemas, a entidade ou utilizador saberão o diagnóstico e se têm ou não correcções a efectuar e se são críticas.

 

Procura inspecção de gás para o seu próximo projecto?
Agora que tem uma ideia dos preços vamos encontar o profissional certo para si!

Como sabemos estes preços?
Todos os anos, milhares de pessoas procuram profissionais na Zaask para os seus projectos. Monitorizamos os orçamentos dos profissionais e partilhamos essa informação consigo.
25k Projectos mensais
+400k Orçamentos dados
15k Profissionais que orçamentaram