Quanto custa um serviço de instalar um sistema de aproveitamento de águas pluviais na Zaask 5000€ - 25000€

Preços com base na média nacional

Um sistema de aproveitamento de águas pluviais (SAAP) é um excelente investimento e com um retorno financeiro a médio prazo em áreas onde chove com regularidade.

O armazenamento e tratamento da água da chuva permite uma redução substancial do consumo de água canalizada e poupança deste recurso natural.

O custo de instalação de um SAAP pode variar consideravelmente consoante a complexidade do trabalho, que pode envolver desde escavações a uma instalação à superfície. Sem contar com oscilações de preços em diferentes regiões do país, os valores do orçamento variam entre 5000€ e 25 000€, sendo o preço médio de 10 000€.

Como funciona? 

As águas pluviais são recolhidas por calhas instaladas em telhados ou terraços. São conduzidas por esse sistema de tubos até uma cisterna (no subsolo ou à superfície), sendo que, antes de entrar no reservatório, passam por um filtro de impurezas.

Uma vez filtrada, a água pode imediatamente começar a ser usada para consumo doméstico. As aplicações mais usuais são:

  • Descarga de autoclismos,
  • Máquina de lavar de roupa e louça,
  • Regas de jardins,
  • Lavagens de veículos e pavimentos.

Os sistemas de aproveitamento de águas pluviais têm tecnologia que permite expelir a água em excesso, o que acontece quando a utilização de água é inferior aos níveis recolhidos; ou recorrer à rede de saneamento para completar o fornecimento.

Instalação do sistema de aproveitamento de águas pluviais à superfície

A instalação de um SAAP à superfície é a solução mais rápida e económica, pois não envolve escavação. Devem ser instalados em zonas com algum espaço e recomenda-se que o depósito tenha protecção contra raios UV.

Tipo de cisterna*

Capacidade (em litros)

Preço

Horizontal

1000

369€

Horizontal

2000

569€

Vertical

3500

739€

Vertical

6500

1099€

Vertical

10 000

1715€

*Cisternas são de polietileno de alta densidade

Apesar de serem instalados à superfície, estes depósitos precisam de uma estrutura de apoio para suportar o peso e de ligação à canalização do edifício.

Sistema de aproveitamento de águas pluviais subterrâneo 

O custo é mais elevado, uma vez que é necessário fazer escavação para instalar os tanques e os tubos de entrada e saída de água. No entanto, o tanque não tem de ser reforçado com protecção contra raios UV.

Os depósitos de enterrar são sempre fabricados em modelos horizontais por uma questão prática. Isto é, é mais fácil cavar uma área horizontal maior do que escavar em profundidade (o que seria necessário para as cisternas verticais).

Tipo de material

Capacidade (em litros)

Preço

HDPE

1000

400€

HDPE

2000

579€

HDPE

5000

1385€

HDPE

10 000

2795€

Em relação à escavação da vala onde se enterra a cisterna, o preço médio cobrado por m³ é de 20€ em solos de argila semi-dura. Para um tanque de 5000 litros (medidas correspondentes ao modelo da tabela), é necessário uma área de cerca de 10 m³, sendo que o orçamento relativo apenas à escavação seria de pelo menos 250€.

Material das cisternas

O material escolhido faz diferença no momento da instalação e depois a nível da manutenção dos depósitos. Ao analisar o orçamento, pondere bem todos os factores.

Estes são os materiais mais usados:

Polietileno de alta densidade (HDPE)

  • Os tanques de polietileno são muito populares pelo seu preço acessível e leveza do material. 
  • No caso dos depósitos de superfície, apresentam a vantagem de serem fabricados em cores diferentes e também designs modernos. 

Fibra de vidro reforçado

  • Como os modelos de HDPE, estes são feitos em fábrica. O material é bastante rígido, mas leve e relativamente acessível.
  • Normalmente são fabricados em cores mais escuras para, no casos de tanques à superfície, evitarem a entrada da luz solar e formação de algas.

Alvenaria ou betão

  • A maior vantagem destes materiais é a sua durabilidade. Tanto os tijolos quanto o betão são muito resistentes ao tempo.
  • Estes modelos são construídos no próprio local.
  • A construção com betão armado não é muito recomendada porque o aço, quando corroído, pode rachar o betão.

Aço galvanizado

  • Ao contrário do aço usado no betão armado, este passa por um tratamento que evita o processo de corrosão.
  • Geralmente, estes tanques são usado para armazenar um grande volume de água como, por exemplo, 30 mil litros.

Diferenças entre edifício antigo e novo

O sistema de aproveitamento de águas pluviais subterrâneo é muito mais seguro, pois evita problemas causados por contaminação externa e alterações drásticas da temperatura. Portanto, por uma questão de facilitação do processo, o ideal seria instalar o SAAP durante a construção do edifício. 

Nas construções antigas pode ser necessário fazer o remapeamento da rede de canalização e esgotos. Isso acontece quando o sistema de águas cinzentas (originada a partir de banhos, lavagem de roupa, louça, etc) se cruza com os canos de esgotos.

Cuidados a ter com os sistemas de aproveitamento de águas pluviais e alguns custos

O sistema de aproveitamento de águas pluviais necessita de alguns cuidados de limpeza e manutenção, especialmente antes e depois da época das chuvas.

Componentes do SAAP

Frequência da limpeza/manutenção

Cisterna

Semestral

Caleiras e tubos de descarga

Semestral

Filtro

Semestral

Canalização

Anual

 

A cada cinco anos, recomenda-se chamar técnicos para esvaziar totalmente o depósito e fazer uma limpeza profunda.

Procura instalar um sistema de aproveitamento de águas pluviais para o seu próximo projecto?
Agora que tem uma ideia dos preços vamos encontar o profissional certo para si!

Como sabemos estes preços?
Todos os anos, milhares de pessoas procuram profissionais na Zaask para os seus projectos. Monitorizamos os orçamentos dos profissionais e partilhamos essa informação consigo.
25k Projectos mensais
+400k Orçamentos dados
15k Profissionais que orçamentaram
Para lhe proporcionar a melhor e mais rápida experiência possível, este site guarda cookiesAceitar