Receba até 5 propostas de profissionais como Manuel António Bispo em poucas horas.

Sobre Manuel António Bispo

Eu, Manuel António Bispo, reconhecido pela Adene com a qualificação profissional de Perito Qualificado com o número 1772, estou habilitado para emitir Certificados Energéticos para imóveis de habitação e também de comércio e serviços (pequenos e grandes edifícios), respectivamente qualificação profissional PQ-I e PQ-II.

Não é necessário uma empresa, vários interlocutores, vários procedimentos, custos extras...

Vá directamente ao objectivo final:

Um único interlocutor, o próprio perito qualificado, menores custos, maior rapidez...

Não complicar o que é simples...

Trabalhos ganhos na Zaask

5

Credenciais

1

Email

Activo

Avaliações

3 Avaliações
Paulo Tomaz 11 Jan, 2017 Certificação Energética - Certificação Energética
Verificada
Excelente! Honestidade, competência e eficiência.
Rui Miguel Piçarra 22 Jun, 2016 Certificação Energética - Certificado Energético - Edifício com mais de 1 ano
Verificada
excelente, voltaria a contratar
Joaquim Oliveira 02 Jun, 2016 Certificação Energética - Certificado Energético - Edifício com mais de 1 ano
Verificada
Bom profissional.

Perguntas e Respostas

Descreva um projecto recente que tenha gostado de realizar. Quanto tempo durou a sua execução?
Certificação Energética de uma moradia recente com cerca de 250 m2, contendo as mais recentes tecnologias de construção e de eficiência energética, incluindo energia renovável. Tudo, desde a visita até à emissão do certificado energético preliminar demorou 4 dias.
Tem um modelo de pricing standard para os seus serviços? Se sim, descreva em seguida os seus detalhes.
Para a emissão de certificados energéticos em apartamentos de tipologias T0 a T4 o pricing standard é de 75 a 100€. Poderá existir alguma variação, em função da deslocação. Para outros casos, incluindo moradias e imóveis de comércio e serviços, o preço tem que ser visto caso a caso, em função das áreas em causa e também dos sistemas técnicos instalados, para além da deslocação.
Como é que começou a trabalhar nesta área profissional?
Toda a minha vida profissional de 25 anos foi realizada nesta área da engenharia. Comecei a emitir certificados energéticos a partir de 2010, após a entrada em vigor da primeira legislação que regulamentou a certificação energética e após a obtenção das respectivas habilitações profissionais, as quais incluíram várias formações e exames.
Que conselho daria a um cliente que esteja à procura de contratar um profissional na sua área de trabalho?
Os certificados energéticos só podem ser emitidos por peritos qualificados, que são técnicos habilitados profissionalmente pela Adene, Agência para a Energia, os quais devem ser os únicos intervenientes neste processo e são também os únicos responsáveis, de acordo com a legislação. Partindo deste principio, todos os peritos qualificados estão em pé de igualdade com as competências técnicas necessárias. O conselho a dar ao cliente proprietário é ter a certeza que está a contratar um perito qualificado. O proprietário só terá contacto pessoal com o perito na visita técnica ao imóvel. Todos os "verdadeiros" peritos qualificados têm um cartão de identificação, com fotografia, emitido pela Adene. Solicite-o no acto da visita. Não é necessário uma empresa, que muitas vezes subcontrata os peritos qualificados, vários interlocutores, vários procedimentos, custos extras. Vá directamente ao objectivo final: Um único interlocutor, o próprio perito qualificado, menores custos, maior rapidez
Que curso(s) e/ou formação possui relacionados com o seu trabalho?
Todos os peritos qualificados têm de ter a mesma formação de base. Têm que ser licenciados em cursos de Engenharia específicos e experiência relevante de vários anos nesta área profissional, a qual tem que ser reconhecida pela Adene. Posteriormente têm que ter formação especifica nesta área sob responsabilidade da Adene. No meu caso específico, tenho as duas qualificações profissionais existentes actualmente: Uma para habitação (PQ-I) e outra para comércio e serviços (PQ-II) obtidas ainda ao abrigo da anterior legislação, que para cada uma destas qualificações obrigava a formação específica de dezenas de horas e a três exames (escrito, prático e trabalho final) com nota mínima de 14 valores em cada. Ainda obtive uma terceira qualificação profissional denominada QAI - Qualidade do Ar Interior, nos moldes das anteriores, a qual na actual legislação deixou de existir.
Qual é o seu processo típico para trabalhar com um novo cliente?
O meu processo típico e preferencial é trabalhar directamente com o proprietário do imóvel. Um proprietário, um perito qualificado, eu... sem mais interlocutores, sem custos extras, maior simplicidade e rapidez. Basta um contacto telefónico ou um mail que nos entendemos de imediato. Não complicar o que é simples...
Que questões deve um cliente pensar antes de falar com um Profissional sobre o seu projecto?
Se o cliente proprietário necessita de um certificado energético, independentemente da razão, qualquer perito qualificado está em condições de o ajudar no pretendido. Não complicar mais uma vez o que é simples... O perito qualificado é o único responsável habilitado para a emissão dos certificados energéticos.
Com que tipos de clientes é que já trabalhou anteriormente?
Como referido anteriormente, iniciei a emissão de certificados energéticos a partir de 2010, após a entrada em vigor da primeira legislação que regulamentou a certificação energética e tenho as duas qualificações profissionais existentes actualmente: Uma para habitação (PQ-I) e outra para comércio e serviços (PQ-II) Assim sendo já emiti ao longo deste tempo: Para proprietários particulares, centenas de certificados para habitação (apartamentos e moradias). Para proprietários empresariais, centenas de certificados para comércio e serviços (menores de 1000m2, nomeadamente lojas de comércio, escritórios de serviços e agências bancárias e de seguros). Para proprietários empresariais, dezenas de certificados para comércio e serviços (maiores de 1000m2, nomeadamente edifícios em propriedade total de grupos Bancários e Seguradores).

A processar...

A processar...