Empresas como a Apple, Nintendo, Samsung, Microsoft e outras estão constantemente à procura de novas maneiras de melhorar os seus produtos, seja com novos designs de hardware impressionantes, melhorias de software úteis ou com produtos totalmente novos que nem fazíamos ideia que poderiam existir, resumindo: gadgets futurísticos.

Quando se trata de novos gadgets e aparelhos, 2017 foi um ano de grandes mudanças. Em primeiro lugar, foi o ano do assistente activado por voz, com dispositivos, como o Amazon Echo e o Google Home, invadindo casas em todos os lugares.

Foi também o ano em que os designers de smartphones descobriram como colocar uma tela maciça em um dispositivo que ainda é fácil de segurar, como se viu no iPhone X e Samsung Galaxy S8. E foi o ano em que as consolas, como a Nintendo Switch, mostraram que jogar em qualquer lugar não é sinónimo de jogar sem qualidade.

Aqui está a lista dos 10 melhores gadgets para 2018, segundo a TIME.

10. Sony Alpha A7R III

gadgets

Com melhorias notáveis em relação ao seu antecessor e um preço mais em conta do que a Sony A9 Alpha, a Sony Alpha A7R III, recentemente revelada, é uma das melhores câmaras sem espelho já feitas. Pode tirar fotos com o dobro da resolução da A9 e tem uma focagem automática que é duas vezes mais rápida do que a A7R II, embora seja sempre bom relembrar que a A9 oferece um tiro de rajada mais rápido.

Mas o preço mais baixo e a maior performance são provavelmente mais do que suficientes para impressionar fotógrafos profissionais e novatos, tornando este o melhor dos gadgets de 2017 nesta área de produtos.

9. Apple Watch 3

gadgets

O último smartwatch da Apple finalmente permite que deixe o telemóvel em casa. Como suporta o LTE, pode receber chamadas e textos no pulso mesmo quando o seu telemóvel está fora de alcance. O Apple Watch de terceira geração também traz um processador mais rápido e um novo altímetro barométrico para medir actividades como o número de escadas que sobe.

O Apple Watch não se destina a substituir o seu telemóvel, pois praticamente tudo o que costuma usar no seu telemóvel é melhor numa tela maior. Mas a liberdade de deixar o telemóvel em casa quando sair para caminhar com o seu cão ou fazer uma corrida pode ser o suficiente para o persuadir, especialmente se for uma pessoa mais ligada ao atletismo.

8. Xbox One X

gadgets

Se ainda não está convencido de que os dias de comprar consolas grandes e pesadas para obter o melhor desempenho de jogos acabaram, não procure mais, pois chegou a Xbox One X.

A consola mais recente da Microsoft engloba seis teraflops e suporte de jogos 4K nativo em um pacote elegante, tornando-se a consola de escolha para os jogadores que querem o melhor desempenho por um preço menor que um PC de jogos high-end.

7. Amazon Echo (second generation)

gadgets

Assistentes virtuais como a Siri estiveram presentes durante anos, mas não até aparecer o primeiro Amazon Echo lançado em 2014, só aí é que os dispositivos habilitados para voz realmente começaram a dar que falar. Três anos depois, aparece o verdadeiro sucessor da Amazon Echo com várias melhorias significativas.

O design é mais curto e mais atraente, o altifalante melhorado inclui um woofer e um tweeter e, o mais importante, é visivelmente mais barato, custando apenas 83,13€. Esses aprimoramentos devem ajudar a manter a Amazon no topo do mercado de altifalantes inteligentes à medida que a concorrência, com a Google, Microsoft e outros, aquece.

6. Super Nintendo Entertainment System (SNES) Classic

gadgets

A icónica consola de jogos Nintendo Super cinza e roxo fez um grande retorno em 2017. O SNES Classic vem carregado com 21 títulos retro, incluindo Super Mario World, The Legend of Zelda: A Link to Past, Donkey Kong Country e um jogo Star Fox inédito. Tudo, desde os próprios jogos, até à forma como os controladores se sentem nas mãos é exatamente como se lembraria da década de 1990.

A nostalgia dos jogadores pareceu compensada: o SNES Classic foi a segunda consola de jogos mais vendida durante o mês de Outubro, de acordo com a empresa de pesquisa NPD, e foi quase impossível encontrar desde o lançamento de setembro.

5. Samsung Galaxy S8

gadgets

Os telemóveis Galaxy Android da Samsung estabeleceram o padrão de smartphones em 2017. Pode não ter sido o primeiro telemóvel com uma tela quase sem margem, mas a tela curvada do Galaxy S8 foi certamente um dos pontos que o tornou o telemóvel mais atraente do ano.

Sem mencionar o seu visor OLED, que durante muito tempo foi o melhor que se poderia pedir num smartphone. A Samsung também fez um esforço para simplificar o software, cortando muitos dos recursos estranhos que fizeram os antigos telemóveis sentirem-se mal.

4. DJI Spark

gadgets

O drone com um palmo de tamanho da DJI é um grande passo na direção de tornar os drones mais fáceis e convenientes para uma pessoa “normal”. O recurso destacado da Spark é que ele não exige um controlo remoto para navegação. Basta tocar o botão na parte de trás do drone duas vezes, e ele está pronto para descolar da palma da sua mão.

Também pode pilotar o Spark com a mão, levando-o a voar mais alto, mais baixo ou em certa direção com um movimento do seu braço. Claro, esses recursos funcionam melhor com as condições ideais e o Spark nem sempre funciona perfeitamente, mas o seu tamanho e simplicidade são um feito de grande esforço próprio.

3. Microsoft Surface Laptop

gadgets

O primeiro portátil da Microsoft é um verdadeiro vencedor. Entre o seu design leve e elegante, tela afiada e bateria duradoura, o Laptop Surface é uma escolha sólida para quem procura um novo computador com Windows. A Microsoft colocou este portátil como um showpiece para o Windows 10 S, a versão mais recente do Windows que só pode executar programas da loja de aplicativos da Microsoft.

Com o Windows 10 S, a Microsoft está essencialmente a tentar trazer para as máquinas Windows o que o Google fez para os Chromebooks: tornar o software mais simples para permitir um desempenho mais rápido, mais vida útil da bateria e uma melhor segurança.

Mas para aqueles que acham o Windows 10 S restritivo podem actualizá-lo para o Windows 10 Pro no Surface Laptop gratuitamente por um tempo limitado. A atualização do software custará 41,55€ após o final do período promocional.

2. Apple iPhone X

gadgets

Sim, é caro. Sim, provavelmente terá dificuldade em colocar as mãos em algum. E sim, o Android fez isso primeiro. Mas a tela de ponta a ponta e o sistema de reconhecimento facial do iPhone X sem dúvida que definirão um novo padrão para os smartphones.

Por um lado, o sistema Face ID da Apple, mesmo apesar das preocupações de segurança, já está a ser usado de forma mais criativa do que a tecnologia de identificação facial da Samsung.

Aplicativos de terceiros como Snapchat e Warby Parker estão a aproveitar a tecnologia de reconhecimento facial do iPhone X para projectar máscaras realistas sobre os olhos ou seleccionar óculos que se adequam à forma do seu rosto.

Isso, combinado com uma câmara nítida, longa duração da bateria e uma tela grande num telemóvel com o tamanho certo, tornam o iPhone X da Apple uma escolha de qualidade.

1. Nintendo Switch

gadgets

Durante quase toda a existência de consolas de jogos, os jogadores tiveram de escolher entre jogar em frente a uma TV ou segurar uma minúscula tela nas mãos. Mas isso mudou com a Nintendo Switch, a primeira consola projectada para o entretenimento dentro e fora de casa.

A Switch consiste num tablet com um LCD de 6,2 polegadas com slots para anexar os controladores Joy-Con da Nintendo (um de cada lado), transformando-o numa máquina de jogos portátil. Mas quando está em casa, pode tirar os Joy-Con e colocar o tablet na dock que se liga à TV e jogá-la como um consola tradicional.

Essa abordagem de “jogar em qualquer lugar e a qualquer momento”, combinada com uma lista de jogos espetaculares, desde o Super Mario Odyssey, lançado recentemente, até The Legend of Zelda: Breath of the Wild, considerado o melhor jogo de 2017, faz da Switch um verdadeiro knockout.

Desta maneira, a Nintendo Switch pode ser considerada o melhor dos gadgets de 2017 e uma boa escolha para a sua lista de 2018.